Novidades

Fique por dentro

“MAVUNO PIRATA” e suas consequências!

Sabe-se que o mercado clandestino (pirataria de sementes) é muito grande no país, e para o MAVUNO não será diferente. O que acontece atualmente, é que “empresas” ou “colhedores” se aproveitam da não fiscalização e estão colhendo MAVUNO das áreas reservadas para pastagens ou áreas não legalizadas e colocando estas “sementes piratas” no mercado. Isto implica numa serie de fatos que vem a causar grandes prejuízos à todos nós. Os pecuaristas, quando adquirem uma “semente pirata”, pensam estar levando vantagem, devido ao baixo custo de aquisição, porem as sementes colhidas por estes “picaretas”, em áreas de pastagens, não tem nenhum controle de qualidade, e ira causar grandes prejuízos aos usuários que terão suas pastagens mal formadas (baixa pureza/germinação), contaminadas por ervas daninha, ovos de cigarrinhas (insetos que atacam as plantas), contendo misturas varietais e nematoides que são transportados junto as sementes e que foram produzidas sem nenhum cuidado durante o processo produtivo, ou seja, não terem sido produzidas com critérios técnicos e agronômicos, vindo a causar descrença no material, mesmo que ele seja muito promissor como no caso do MAVUNO. O alerta aqui é que, como diz o ditado popular, "o barato sai caro", muitas vezes é nesse critério de decisão que o ganho do produtor vai embora, pois o controle pela má formação acaba elevando os custos de produção e reduzindo a qualidade da pastagem e consequentemente o desempenho de seu rebanho.

A vocês das REVENDAS o prejuízo também é enorme, pois perdem mercado devido à competição desleal pelo preço, pois as sementes piratas custam muito menos devido a qualidade duvidosa, sem falar que vocês ainda levam a “fama”, pois é certeza de que outras pessoas mal informadas, ao saberem ou escutarem pela cidade do insucesso na formação de uma pastagem de MAVUNO, vão associar ou lembrar-se de vocês (REVENDA) que tem exclusividade do mesmo na região!!

Somente com fiscalização e punições a estes “piratas sementeiros” é que iremos evitar todos estes danos causados e que oferecem grande instabilidade à nossa balança comercial. Precisamos atuar juntos mitigando a produção e o comércio ilegal destas sementes (pirataria). Somente juntos teremos força para mudar e qualificar o mercado brasileiro de sementes forrageiras. É imperativo, portanto, que todos os envolvidos formalizem denúncia (Formulário de PIRATARIA - WOLF) quando observarem suspeitas de produção ou comércio ilegal de sementes de MAVUNO. Precisaremos de informações ou dados destas áreas ou comerciantes piratas, lembrando que quanto mais informações recebermos, melhor será para nossa denuncia. Este ato de denunciar não ira prejudicar vocês revendedores e lojas em absolutamente nada, pois somos nós (WOLF) é que entraremos em contato direto com o MAPA e realizaremos todo tramite de denuncia, sem utilizar o nome ou dados de vocês revendedores, de uma forma totalmente ANONIMA!

A advertência é do Mapa - Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, que alerta que a comercialização de sementes sem registro é crime para quem vende e quem utiliza. Infringir as leis de Proteção de Cultivares e de Sementes e Mudas implica no pagamento de multas.

Precisamos passar a nossos clientes que a chave do sucesso está no uso de Sementes Certificadas de Qualidade, o que irá garantir nosso futuro, o de nossas empresas e de nossas pastagens... Temos que mostrar a eles que “Semente não custa, vale”.

EPOCA DE PIRATARIA:        

Colheita / Produção – Maio a Setembro (colheita do cacho e do chão);

Comercialização – Junho ate final do período de plantio.

  

Departamento técnico – WOLF SEMENTES

Mais Notícias

Artigos

Compartilhe Wolf Seeds

Carregando...
Twitter da Wolf Seeds

Curta a Wolf Seeds no Facebook.

Canal Wolf Seeds

Qualidade Wolf Seeds

A Wolf Seeds do Brasil conquistou, em 2008, a certificação internacional ISO 9001 – Sistema de Gestão da Qualidade – por sua liderança e tecnologia. Este certificado é concedido às empresas que direcionam sua atenção para a melhoria contínua, a partir de seus princípios fundamentais: foco no cliente, liderança, envolvimento das pessoas, modelos de processos, decisões com base em fatos e relacionamentos mutuamente benéficos para fornecedores e clientes.